Os alimentos orgânicos: São mais seguros? Mais nutritivos?

Uma vez encontrado apenas em lojas de alimentos saudáveis, alimentos orgânicos são agora regularmente encontrados na maioria dos supermercados. E isso criou um dilema no corredor de produtos.

De um lado, você tem uma maçã cultivada convencionalmente. De outro, você tem uma que é orgânica. Ambas as maçãs são firmes, brilhantes e vermelhas. Ambas fornecem vitaminas e fibras, e ambas são livres de gordura, sódio e colesterol. Qual você deve escolher? Conheça os fatos antes de comprar:

Agricultura Orgânica vs. Agricultura “Convencional”

A palavra “orgânica” refere-se à maneira como os agricultores cultivam produtos agrícolas e de processo, como frutas, legumes, grãos, produtos lácteos e carne. Práticas de agricultura orgânica são destinadas a incentivar a conservação do solo e da água e reduzir a poluição.

Os agricultores que cultivam produtos orgânicos não usam métodos “convencionais” para fertilizar e controlar as ervas daninhas. Exemplos da prática de agricultura orgânica incluem o uso de fertilizantes naturais para alimentar o solo e plantas, e usando a rotação de culturas ou uma cobertura, uma camada de material aplicado na superfície de uma área de solo  para gerenciar as ervas daninhas.

Orgânico ou não? Verifique a etiqueta

“Orgânico” e “natural” significam a mesma coisa?

Não, “natural” e “orgânico” não são termos intercambiáveis. Você pode ver “naturais” e outros termos como “tudo natural” ou “sem hormônios” nos rótulos dos alimentos. Estas descrições devem ser verdadeiras, mas não confunda-as com o termo “orgânico”. Somente alimentos que são cultivados e processados de acordo com os padrões orgânicos do USDA podem ser rotulados como orgânicos.

O alimento orgânico: é mais nutritivo?

Provavelmente, mas a resposta ainda não está clara. Um estudo recente examinou a tabela de artigos científicos sobre o teor de nutrientes dos alimentos orgânicos e convencionais nos últimos 50 anos. Os pesquisadores concluíram que os alimentos produzidos organicamente e convencionalmente não são significativamente diferentes em seu conteúdo de nutrientes.

Alimentos orgânicos: Outras considerações

Muitos fatores influenciam a decisão de escolher alimentos orgânicos. Algumas pessoas escolhem alimentos orgânicos porque eles preferem o sabor. No entanto, outras optam por orgânicos por causa de preocupações, tais como:

Pesticidas:

Produtores convencionais usam pesticidas sintéticos para proteger as suas culturas de fungos, insetos e doenças. Quando os agricultores pulverizam pesticidas, deixam resíduos nos produtos.

Os agricultores orgânicos usam armadilhas para insetos, seleção de corte e cuidados (variedades resistentes a doenças), insetos predadores ou micro-organismos benéficos, capazes de controlar pragas, que danificam culturas. Algumas pessoas compram alimentos orgânicos para limitar sua exposição a estes resíduos. produtos orgânicos normalmente carregam significativamente menos resíduos de pesticidas do que produtos convencionais.

No entanto, os resíduos encontrados na maioria dos produtos – tanto orgânicos e não-orgânicos – não devam exceder limites de segurança impostas pela OMS.

Os aditivos alimentares.

Regulamentos orgânicos proíbem ou restringem severamente o uso de aditivos alimentares, adjuvantes tecnológicos (substâncias utilizadas durante o processamento, mas não adicionados diretamente à alimentação) e agentes fortificantes comumente utilizados em alimentos não-orgânicos, incluindo conservantes, adoçantes artificiais, corantes e aromatizantes, e glutamato monossódico.

Meio ambiente.

Algumas pessoas compram alimentos orgânicos por razões ambientais. Práticas de agricultura orgânica são projetados para beneficiar o meio ambiente através da redução da poluição e conservação da água e qualidade do solo.

Existem desvantagens para a compra de orgânicos?

Uma preocupação comum com o alimento orgânico é o custo. Os alimentos orgânicos geralmente custam mais do que seus concorrentes convencionais. Os preços mais altos deve-se, em parte, às práticas agrícolas mais caras.

Porque frutas e legumes orgânicos não são tratados com ceras ou conservantes, eles podem estragar mais rápido. Além disso, alguns produtos orgânicos pode parecer menores e menos “perfeitos” – terem formas estranhas e diferentes cores. No entanto, os alimentos orgânicos devem atender aos mesmos padrões de qualidade e segurança que os alimentos convencionais.

Dicas de segurança alimentar:

Quer consumir produtos totalmente orgânicos ou optar por misturar alimentos convencionais e orgânicos, certifique-se de manter essas dicas em mente:

Escolha uma variedade de alimentos a partir de uma variedade de fontes. Isto lhe dará uma melhor combinação de nutrientes e reduzirá a probabilidade de exposição a um único pesticida.

Compre frutas e vegetais na temporada, quando possível. Para obter os produtos mais frescos, pergunte no supermercado que dia novos produtos chegam. Ou compre direto de um produtor local.

Leia os rótulos dos alimentos com cuidado. Só porque um produto diz que é orgânico ou contém ingredientes orgânicos não significa necessariamente que é uma alternativa mais saudável. Alguns produtos orgânicos ainda pode ter elevado teor de açúcar, sal, gordura ou calorias.

Lavar e esfregar frutas e legumes frescos com água corrente. Embora, nem todos os resíduos de pesticidas possam ser removidos por lavagem. Você também pode descascar frutas e legumes, mas saiba que no momento que você descasca um alimento pode significar a perda de algumas fibras e nutrientes.

Receba agora nosso E-book Gratuito
Sucos Emagrecedores

setas-para-baixo

Responsive image

Dieta Rápida


Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão

Campos obrigatórios são marcados com *